Para melhor visualização, recomendo resolução de no mínimo 1024 x 768 e navegador Mozilla Firefox


domingo, 21 de outubro de 2007

Oracle 10g e 11g no Opensuse 10.3

Por Eduardo Legatti

Olá,


Para aqueles que são fãs da distribuição SUSE Linux, já está disponível desde o início de outubro o download da release final do openSUSE 10.3 com muitas novidades. Bom, quanto à instalação do Oracle 10g R2 e do Oracle 11g R1, as mesmas ocorreram sem problemas utilizando a opção -ignoresysprereqs ao executar o runinstaller no meu micro pessoal que é uma máquina AMD Semprom 2300+ com 768 MB de Ram que utilizo para estudo e testes.






Não irei descrever passo a passo a instalação, porque os manuais já oferecem este serviço, mas saliento que para o Oracle 11g R1, realmente é necessário 1GB de memória RAM, pelo menos, porque na minha máquina com 768MB de RAM ficou lento com o banco de dados aberto, mais o Oracle Enterprise Manager Database Console ativo e com a configuração da SGA/PGA no mínimo. Quanto à CPU da máquina, é recomendado um processador mais rápido de preferência, como um Pentium IV 2 GHz ou superior. Estou falando isso para quem quiser instalar em uma máquina pessoal na qual será usada para estudo, etc...

Para instalar o Oracle 11g R1 em um servidor de produção na qual terá acessos simultâneos, favor atender aos requerimentos obrigatórios como recursos de hardware, configuração de parâmetros de Kernel, requerimentos de software (libs), etc...

ATENÇÃO!!

Da primeira vez, eu baixei o CD do openSUSE 10.3 (CD-KDE 695MB) e realmente não consegui instalar o Oracle porque ele não vem com alguns utilitários como o make e bibliotecas de desenvolvimento C/C++ (glibc) necessárias durante o relinkagem dos executáveis, por isso, será necessário baixar e instalar a versão em DVD (Installation DVD 4.1GB).

Para a instalação tanto do Oracle 10g R2 como do Oracle 11g R1, para evitar o erro abaixo ocasionado ao invocar o Oracle Universal Installer:

xcb_xlib.c:52: xcb_xlib_unlock: Assertiva `c->xlib.lock’ falhou.

será necessário setar a variável de ambiente como mostrado abaixo:

export LIBXCB_ALLOW_SLOPPY_LOCK=1

Após isso, o OUI carregará sem problemas.

No meu caso, eu criei dois usuários de sistema operacional: Oracle10g e Oracle11g, duas partições: /u10g e /u11g e setei as variáveis de ambiente .profile para cada usuário Oracle respectivo.

Segue abaixo, alguns screenshots:

Oracle 10g R2


Oracle 11g R1






Para maiores informações sobre a instalação do Oracle 11g R1, acesse a documentação oficial no site da Oracle.

Google+

Um comentário:

Leo disse...

Esse PDF da Novell ensina um outro jeito de instalar. Vale deixar como opção :)
http://ftp.novell.com/partners/oracle/docs/10gR2_openSUSE102_introduction.pdf

Postagens populares